– Cássio x Damião: falta ou não?

Na partida entre Internacional x Corinthians disputada nesta 4a feira em Novo Hamburgo, um lance didático à arbitragem. Vamos lá?

Uma bola é alçada na área corinthiana. O atacante colorado Leandro Damião tenta alcançar a bola, mas o goleiro Cássio mergulha e se antecipa para salvar o gol. Após a defesa, ambos se chocam e o arqueiro fica caído no chão, contundido. A bola sobra para Fabrício que chuta para o gol.

Gol ou não?

O árbitro Paulo Henrique Bezerra Godoi / SC confirma o gol, mas resolve consultar o bandeira Carlos Berkenbrock e volta atrás na marcação, anotando falta de ataque a favor do Corinthians.

A anulação do gol foi correta. Mas o motivo, controverso. Entenda: naquele lance, você tem 4 possibilidades de decisão:

1- Lance normal de disputa de bola, onde Damião e Cássio se chocam e por casualidade o goleiro leva a pior. Não é falta! Porém, vale a ressalva: o goleiro tem certas peculiaridades em campo, como, por exemplo, ser o único atleta que se obriga a estar em perfeitas condições físicas adequadas para jogar e cuja presença é indispensável. Se fosse um jogador de linha, o lance deveria prosseguir e o gol validado. Como não se pode jogar sem goleiro, e ele está inapto fisicamente, o jogo deve ser paralisado, o goleiro atendido em campo (não se pode atender o goleiro fora de campo por motivos óbvios) e a partida reiniciada com bola-ao-chão no local onde ela se encontrava no momento do apito do árbitro.

2- Lance faltoso por imprudência, se você entender que Damião deveria evitar a disputa de bola do jeito que ele foi, e que o mesmo não queria atingir o adversário, porém, por má avaliação da sua própria velocidade, o atinge. A partida é reiniciada com tiro livre direto para o Corinthians, sem aplicação de cartão.

3- Lance faltoso por ação temerária, se você entender que Damião correu para a bola ciente de que poderia atingir o adversário. A partida é reiniciada com tiro livre direto e deve ser aplicado o cartão amarelo.

4- Lance faltoso por força excessiva, se você entender que Damião visou propositalmente atingir o goleiro. Falta e Cartão Vermelho.

Cá entre nós: aqui, se permite aceitar a interpretação como situação 1 e 2; as outras (3 e 4), não, pois seriam incorretas pelo que se vê. Particularmente, entendo que a situação 1 (casualidade) é a mais apropriada. Não foi falta, mas como Cássio se machucou, o gol não poderia ser válido pois ele é o goleiro e tem as particularidades explicadas acima.

E você, o que achou? Deixe seu comentário:

3.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s