– Estão ensinando as Regras de Futebol na Copinha?

Para mim, um bom trabalho a ser realizado nas categorias de base dos times de futebol envolve:

– treinar fundamentos,

– ensinar esquemas táticos,

– formar o jogador como cidadão e

– dar ao atleta noções das regras do jogo, pois, afinal, de lá sairá o ganha-pão do jogador profissional.

se tem visto isso na Copa São Paulo de Juniores?

Alguma coisa sim. Mas é nítido: ninguém está ensinando as Regras. Em algumas partidas, eu vi:

– zagueiro reclamando impedimento de bola lançada em arremesso lateral;

– jogador dando carrinho no adversário e reclamando com gestos ao ser expulso que era “só a 1a falta” e,

– pedidos de atacante para que expulsasse o zagueiro que lhe fez falta por ser “o último homem”.

– Ops: Mão na bola dentro da área? Esquece, para os garotos tudo vira pênalti!

Ontem, no jogo Santos-SP x Capital-DF, um lance inusitado: o jogador do time brasiliensedominou a bola, ergueu-a e a recuou de cabeça ao goleiro. E isso é falta, mas ninguém em campo sabia. Aparentemente, ninguém dos dois times – veja que loucura! Assista o vídeo (link em:http://is.gd/pXN0I3) e repare: os jogadores do Santos e do Capital não entenderam a correta marcação de falta do árbitro, e ficaram ali pedindo explicações.

SAIBA: um goleiro não pode dominar com as mãos uma bola que lhe seja lançada por um companheiro de time, exceto se ela vier de um lance de cabeça. Uma burla (ou se preferir: um engodo ou tentativa de enganar a regraé o jogador dominar a bola com o pé e levantá-la até a cabeça, recuando-a. Como isso é errado, afinal, é uma situação prevista como infração na Regra do Jogo, marca-se tiro livre indireto e cartão amarelo ao jogador que levantou a bola do pé para a cabeça.

IMPORTANTE: a punição não é para o goleiro por uso indevido das mãos, mas sim ao atleta de linha por infringir a regra. E aqui ressalto: faço coro àqueles que acham um exagero punir o jogador com o cartão amarelo (embora a Regra assim o pede), mas isso é outra discussão.

O pior de tudo é que ao invés de se cobrar o tiro livre, o jogador santista Fernando chutou a bola para fora, pois, segundo ele:

Era o ‘fair play’, ele (o árbitro) pediu que a gente devolvesse a bola, a gente devolveu, está na regra vamos cumprir”.

Ué, o árbitro não deve (e nem pode) pedir isso. E se o Santos precisar de mais um gol na última rodada para se classificar por saldo de gols? Outra coisa: quem disse que o Fair Play está na Regra?

E você, o que achou do lance e de tudo isso? Os clubes estão ensinado regras de futebol aos jogadores em formação na Copinha ou nada disso? Deixe seu comentário:

santos.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s