– A Arbitragem para Santos x Corinthians e Paulista x Rio Branco

Dois campeonatos completamente diferentes (Brasileirão e Copa Paulista) e duas observações de escalas muito pertinentes. Vamos analisá-las?

1) Santos x Corinthians na Vila Belmiro: para este clássico do Brasileirão, apitará, de acordo com o sorteio da CBF, Raphael Claus.

Ótimo árbitro, apitou recentemente Santos x Palmeiras, mas…

Apesar de arbitrar muito bem, estar nadando de braçadas rumo ao escudo FIFA para o estado de SP (tínhamos 3, e hoje não temos nenhum), ser uma pessoa muito bacana, ter ótimo porte físico, eu não o escalaria! Não pela sua competência, mas pelo intuito de formar novos árbitros.

Perceberam que para todo jogo importante de São Paulo agora se coloca o Claus (quando não se coloca árbitro de fora)? Como vamos revelar novos juízes assim?

Antes, para um jogo como esse, tínhamos José Henrique, Abade, Seneme, PC, Braguetto, Sálvio, Romildo, e uma leva de ótimos bons nomes querendo aparecer. Recentemente, fruto de um mau trabalho na FPF, a Comissão de Árbitros fez com que “os caras” (aqueles que entram em campo sem trazer preocupação) fossem apenas Seneme e PC. Hoje, Ceretta e Luiz Flávio, os dois aspirantes à FIFA, estão sendo deixados de lado para clássicos paulistas.

Boa sorte ao Claus. Será ele que apitará São Paulo x Palmeiras semana que vem também?

2) Paulista x Rio Branco no Jayme Cintra: para esse importante jogo da Copa Paulista, Alysson Matias apitará. Razoável árbitro, há tempo na estrada transitando entre A2 e A3. Tem experiência e ótimo condicionamento físico. Entretanto, nas escalas anteriores, se via jovens apitadores que buscavam oportunidade. Mas para essa partida, mudou-se o critério. Provavelmente para dar ritmo de jogo devido aos inúmeros árbitros que formam o quadro da FPF. O detalhe que me incomoda é: o quarto árbitro, Luiz Carlos Ramos Jr! Explico: o árbitro se formou em 2003; com pouquíssimo tempo, já estava na A1, caiu do ranking Ouro para o Prata na sequência e hoje transita em divisões menores. Na semana passada apitou pela mesma Copa Paulista. Porém, fazer a função de quarto-árbitro na Copinha é ruim para qualquer árbitro com histórico como dele. É necessário escalar garotos que apitam sub 17 e sub 15 para que tenham nessa competição o seu primeiro contato. Não gosto desse humilhante critério da Comissão de Árbitros.

Enfim, nas duas arbitragens, creio que teremos boas atuações. E você, o que pensa sobre isso?

Em tempo: Há 5 anos, Alysson apitou a final do Amador de Jundiaí e o jogo não acabou… Compartilho link do jornalista Thiago Baptista de Olim da TVE Jundiaí sobre o tema: http://www.tvejundiai.com.br/tveesporte/no-jayme-arbitro-de-final-do-amador-que-nao-terminou/

Acompanhe nossa transmissão com o Time Forte do Esporte pela Rádio Difusora Jovem Pan Sat 810 AM, com o comando de Adilson Freddo, comentários de Robinson Berró Machado e Heitor Freddo, análise da arbitragem de Rafael Porcari, reportagens de Luiz Antonio Oliveira (Cobrinha); na técnica Antonio Carlos Caparroz e André Luiz Lucas!

Também pela Internet ou App – sábado, 09/08 – 15h (Jornada Esportiva a partir das 14h).

10603206_822747214432609_7548040204612900269_n.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s