– Fair Play que deve ser seguido! Ou não será?

O Árbitro Elmo Resende Cunha (GO) se viu em uma situação inusitada na partida entre Cruzeiro x Botafogo. Após um “pé de ferro” entre Júnior César (BOT) e Marcelo Moreno (CRU), a bola foi para o gol e o goleiro Jeferson a agarrou. O toque foi do cruzeirense, mas o árbitro se equivocou e marcou recuo de bola do botafoguense.

Após as reclamações da marcação do tiro livre indireto, eis que Marcelo Moreno avisa o árbitro de que ele próprio foi o responsável pelo toque, não o adversário.

O árbitro desmarcou a infração e reiniciou o jogo com bola ao chão.

Botafoguenses elogiaram a atitude incomum do jogador, como o goleiro Jeferson:

Atitude de homem, de profissional, teve caráter. Isso que o futebol tá precisando. Parabéns ao Marcelo Moreno.”

Marcelo Moreno, humildemente disse:

Acho que é importante para o futebol brasileiro esse gesto. A gente já vê isso na Europa e também podemos fazer isso aqui no Brasil. Independentemente do resultado, acho que eu faria o mesmo. Até porque criaria polêmica se eu fizesse o gol”.

O Cruzeiro está folgado na liderança do Brasileirão, o Botafogo agonizando e o lance aconteceu com o placar favorável à Raposa. Mas… e se fosse o último jogo do campeonato e ambas equipes estivessem empatadas em pontos com o placar em 0 x 0?

Por mais que o atacante boliviano tivesse boa vontade, declarou que “achava” que faria o mesmo.

Faria?

Imagine os mais fanáticos do seu time! E se fosse contra o arquirrival Atlético Mineiro?

Eu aplaudo a attitude de Marcelo Moreno, independente do “achismo”.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s