– “Dedo do Meio” não rende Vermelho? E as brigas das Organizadas?

No domingo, Corinthians x São Caetano jogaram na Arena Barueri pela Copinha e houve confronto entre torcedores e policiamento. Pedradas, “borrachadas” e muitos pontapés foram flagrados, tudo isso pois houve excesso de público durante a entrada e o jogo já havia se iniciado.

Na 4a feira, Vasco x Flamengo jogaram longe do Rio de Janeiro, lá em Manaus. Mas um simples amistoso de verão foi marcado por brigas entre torcidas organizadas. Cadeiras quebradas, avarias na Arena da Amazônia e prejuízo pago pelo contribuinte.

Nesta 5a feira, São Paulo x Corinthians jogaram em Limeira (no Estádio Major Levy Sobrinho, que estava sem laudo e que apareceu às vésperas da confirmação da partida). Após o jogo, o previsível quebra-pau entre as torcidas.

Esses bandidos (há outro nome para quem depreda patrimônio alheio e usa da violência para qualquer discussão?) não tem espírito esportivo algum. Estão soltos, destilando seu ódio futebolístico simplesmente por culpa do seu próximo vestir outra camisa. Intolerantes e perigosos, deveriam estar na cadeia.

O que leva uma pessoa a sair em bando, teoricamente perdendo dia de serviço, gastando dinheiro e largando em casa a família, apenas pelo bel-prazer de brigar? A maioria nem assiste aos jogos, vai lá só pela confusão.

Essas pessoas vivem de quê? Quem os sustentam? A troco de quê arranjam confusão?

Tudo injustificável… Conheço algumas pessoas que pertencem à torcidas uniformizadas, mas que não se misturam aos bandos organizados de guerra. Essas, vão para assistirem futebol, na folga do trabalho, sem sacrificar mulher, filho ou a saúde. Gostam de esporte!

É incompreensível às pessoas civilizadas em entender a mente de quem quer assassinar seu próximo pelo fato de torcer por um time de futebol diferente do seu. Não sei se é apenas problema educacional ou há a questão da psicose!

Some-se a isso o problema do próprio jogador de futebol despreparado a lidar com tal questão: que tal o gesto de Gabriel Vasconcelos, do Corinthians, após marcar o 3o gol da sua equipe e mostrar o dedo do meio em gesto obsceno à torcida adversária? Mesmo flagrado, disse não estar arrependido e que faria de novo.

Pior é que tal comemoração deveria ser punida com cartão vermelho (por incitar a violência), o que não aconteceu. O garoto será punido pelo TJD e ficará fora da final?

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s