– A Correta Expulsão de Fabrício e o Descontrole Emocional

O lateral esquerdo Fabrício, do Internacional, protagonizou uma cena inusitada: irritado com as críticas da torcida, aos 17 minutos do segundo tempo (jogando contra o Ypiranga) resolveu responder às arquibancadas e com o dedo do meio das duas mãos mandou a torcida… para lá mesmo!

Aqui vem duas questões:

– Até onde vai o limite da irritação da torcida exercendo o direito da vaia ao “trabalhador da bola”?

– O profissional de futebol não deveria estar preparado para tais críticas?

O certo é que o juizão expulsou corretamente o jogador. Ofender a torcida e incitar a violência é atitude antidesportiva.
bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s