– A MP do Futebol foi sancionada. E para a Sociedade, como fica? E para o Mundo da Arbitragem?

A presidente Dilma Rousseff sancionou a Medida Provisória que regulamenta a Gestão dos Clubes de Futebol e cobra suas dívidas. Diante disso, aqui vai um desabafo de um pobre comerciante que não aguenta mais pagar imposto, que sente a crise econômica na carne e que ainda por cima tem que ler no noticiário as benesses aos inadimplentes clubes de futebol.

As dívidas dos times acumuladas à União são bilionárias, em especial ao INSS. Deixe você, simples mortal, de pagar imposto para ver o que acontece. A MP do Futebol, basicamente, permite que os clubes que optarem pelo Reffis possam continuar com a mesma forma de administração atual. Mas os que aderirem ao novo modelo proposto, tornando os clubes como empresas e cercados por várias responsabilidades, terão benefícios fiscais importantes. Abaixo:

Empresas normais pagam 7,6% de Cofins. Os clubes de futebol pagam hoje (ao menos, deveriam pagar) 3%. E se aderirem a MP do Governo, pagarão 1,71%.

Isso é justo a mim, a você ou a qualquer contribuinte que labuta de 2a a 2a e procura pagar todas as suas contas em dia? O CALOTEIRO, O PICARETA E O FRAUDADOR TEM VANTAGENS NESSE PAÍS!

Quer mais?

Eu recolho 20% de INSS. Os clubes, só 5%. E quem aderir à MP… 1%. A Contribuição Social (CSLL) está na casa de 9%, e os clubes pagarão míseros 0,66%. O Imposto de Renda está na absurda alíquota de 25%, mas para o Corinthians, Flamengo, Grêmio ou qualquer outro que aderir será de ínfimos 1,26% (em tempo: esse item foi vetado)!

É moleza ou não? E as dívidas já efetuadas terão os juros amortizados, parcelados por 20 anos e outras regalias.

Quando é que o comerciante tem tanta mordomia desse jeito junto ao Governo? Se a bancada do futebol (o lado ético dela) quer por em ordem a conta negativa, e tem que bater de frente com a bancada da CBF (a bancada não-ética do futebol) que quer manter o mesmo status quo de inadimplência e de nenhuma cobrança do Governo, que faça; mas não é correto que outros setores da atividade econômica arquem com esse ônus!

Vou fechar o meu estabelecimento comercial, demitir meus empregados e montar um clube de futebol. Darei calote nos impostos, atrasarei o pagamento de salários e não justificarei as entradas e saídas de dinheiro. Quem sabe me torno beneficiado pelo Governo também.

Aliás, por quê – e isso é um questionamento sério – o Bom Senso FC (ONG de atletas que luta pelos direitos dos jogadores) não pede também o fim da burla fiscal (porém, que está dentro da lei) na qual os jogadores apresentam notas fiscais como prestadores de serviço (pagando menos tributos), ao invés de que se registre TUDO em carteira de trabalho (CTPS) e se pague os devidos impostos?

Por fim: a presidente Dilma vetou o Direito de Arena dos Árbitros de Futebol, que era de míseros 0,5%. E onde estão os sindicalistas da arbitragem nessa hora?

Respondo: estão TRABALHANDO COMO EMPREGADOS DOS “PATRÕES” (QUE DEVERIAM SER QUESTIONADOS), como assessores da Comissão de Árbitros da FPF, observadores da CBF ou algum cargo que o valha. É nítida a incompatibilidade de cargos de presidentes de Sindicatos, Associações e tantas outras entidades que pregam a defesa dos árbitros de futebol. Onde estava o lobby pró-categoria, descompromissado de CBF e suas federações?

Em um país sério e independente, os árbitros parariam o campeonato por diversos motivos justos. Mas isso é só uma pequena ponta da imundice das relações do futebol com a sociedade brasileira.

EU, que nunca dei calote, pago meus impostos em dia, trabalho em conformidade com a lei, QUERO AS MESMAS BENESSES DO PESSOAL DO FUTEBOL!

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s