– Aprendendo com a Regra: foi Gol Legal ou Ilegal no Vasco 1×1 Flamengo?

O assunto rendeu.

O jogo foi emocionante.

O gol confirmado, depois de quase anulado.

Falamos do Clássico dos Milhões no Maracanã pela Copa do Brasil: Vasco x Flamengo, com o gol flamenguista sendo confirmado em uma tremenda confusão, após um jogador que se encontrava em impedimento saltar e ela bater na canela de um vascaíno. Lance dificílimo!

Vamos discutir e aprender?

Eu ouvi de tudo: “Foi de acordo com a nova regra de impedimento passivo” (mas não existe nova regra!); “atendeu o que a FIFA pede” (mas o que ela pediu?) e outras tantas coisas.

A questão é a seguinte: a nova orientação pede que só se marque impedimento se efetivamente o jogador participar do lance interferindo contra o adversário (em último caso). Para mim, no lance referido, o jogador em impedimento demonstrou que não queria participar da jogada pulando. Ou seja: o gol foi legal. O flamenguista que desvia da bola abrindo as pernas faz questão de demonstrar que não quer participar do lance; então, isso deve ser levado em conta. Se ela entra no gol direto, é gol. Como bateu no zagueiro, idem. E o árbitro tem que dar como contra, não como de quem chutou.

Entenda o seguinte: corta-luz como drible, tem que conceder impedimento nesse lance. Abrir a perna para não participar da jogada, aí não pode marcar impedimento.

ENTRETANTO…

Se o árbitro entendeu que o jogador do Flamengo interferiu contra o Vascaíno pois estava à frente dele e somente por isso que a bola bateu em sua perna, aí é impedimento ativo.

Cuidado, e vou repetir: se o árbitro entendeu que a bola bateu no jogador do Vasco por interferência, é impedimento ativo e o gol deve ser anulado. Mas se ele interpretar que bateu na canela sem interferência do adversário, é impedimento passivo e o gol deve ser validado (como fez nessa oportunidade).

LEMBRE-SE: não tem nada a ver com a história de que o rebote ou desvio do goleiro tirou o impedimento. “Desvio não tira impedimento“, nesse caso. E outro lembrete, para quem fez e faz confusão com isso: desvio só tira impedimento naquela situação excepcional de quem está, por exemplo, voltando sozinho numa lateral do campo sem participar do lance (que não é o caso citado). No Maracanã , tecnica e teoricamente para a arbitragem, não foi impedimento por ser lance passivo de quem abdicou de jogar.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s