– O Pênalti de Dois Toques em Belarus

Confesso a minha ignorância: quem nasce em Belarus é… Não sei!

Mas no campeonato nacional de lá, um pênalti foi cobrado de maneira rara. Só vi sua pessoas fazerem isso: Cruyff pela Holanda e Euller (o “Filho do Vento”) pelo América Mineiro.

O árbitro autoriza a cobrança, o jogador finge que vai chutar forte para o gol e ao invés disso, dá um “toquinho” para seu companheiro que invade a área e faz o gol.

E isso pode?

Claro que pode. O Tiro Penal tem como exigências de que o jogador esteja identificado e toque a bola pra frente (não necessariamente com um chute forte para o gol). Se o cobrador enganar que vai chutar e outro é quem chuta, se for gol o lance deveria ser anulado. Se ele tocar para trás e alguém chutar, a cobrança deve ser repetida. E no caso do lance em Belarus (o vídeo está no link abaixo), se o jogador invadiu a área antes do toque do seu companheiro, a jogada é invalidada com tiro livre indireto no local da invasão.

Sensacional, não? Assista o lance em: http://mais.uol.com.br/view/15589835

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s