– Corinthians 1X0 Flamengo e o pênalti em Elias

Elias, do Corinthians, reclama de um suposto pênalti não marcado na partida contra o Flamengo. E aí, foi ou não foi?

Vi o lance de longe, por uma TV 14″. Na 1a vez, me pareceu duplamente duvidoso, pela rapidez do lance e pelo “bololô” de jogadores que estavam na área. Revendo somente hoje, com mais calma e imagem melhor, concluo: lance duplamente faltoso!

Na jogada estavam César Martins de um lado e Márcio Araújo do outro. Na primeira disputa com um flamenguista, há o desequilíbrio pelo lado esquerdo do corinthiano e ali já se poderia marcar a infração (e sendo dentro da área, pênalti). Mas creio que o árbitro Wilton Pereira Sampaio foi atrapalhado pela quantidade de jogadores cariocas à sua frente. Ato contínuo, há um novo contato, por baixo, pelo lado direito do outro defensor. Se existia alguma ressalva, cessou nessa infração. Portanto, pênalti não marcado. 

É claro que a vitória convincente, a liderança folgada no campeonato e o “aceite” dos clubes adversários de que o Brasileirão “quase acabou”, minimizam as queixas da torcida do Corinthians. Mas se o jogo estivesse 0x0, com Corinthians X Flamengo disputando a liderança do torneio, tal lance seria discutido a semana inteira…

Mais uma vez, configura-se erro em jogo importante. Um dia contra alguém, outro a favor de outrém, hoje para Fulano, amanhã para Ciclano… E por aí vai! Nada de colocar na conta má intenção de ninguém, os erros são puramente por ruindade de quem apita e pela incompetência de quem gerencia a Comissão de Arbitragem. 

Nesse ano, parece-me configurar uma repetição de 2007, onde Ricardo Texeira odiava a diretoria do São Paulo (e vice-versa), mas mesmo assim (com erros a favor e contra) Muricy Ramalho levou sua equipe ao título nacional. Dez anos depois, troque os nomes dos atores por Marco Polo Del Nero, Corinthians e Tite. 

OPS: leve em conta o prejuízo de Elias, que levou cartão amarelo por reclamação, e como era o terceiro, está suspenso do próximo jogo. Cartão fruto do equívoco do juizão e do descontrole emocional do jogador (poderia ter evitado a insistência na queixa)…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s