– Flamengo 1×1 Ponte Preta e a Mão Inexistente

É incrível como toda parte do corpo está virando mão intencional na bola neste Brasileirão. Dessa vez, foi no Mané Garrincha.

Aos 4 minutos, a bola foi cruzada na área do Mengão e o pontepretano Cristian tenta o domínio, a bola bate no peito e TALVEZ no braço. Repare no texto: a bola é quem bate, se é que bateu. Do lance resulta o gol, que foi anulado pelo árbitro Dewson de Freitas. Errou.

Mesmo que a bola tenha batido no braço, foi de maneira natural, sem intenção e, portanto, legal. Não dá para interpretar intenção no lance (foi nítido que o lance foi “sem querer”), tampouco alegar movimento antinatural dos braços (como fazer o braço desaparecer em jogada tão rápida, após bater no peito?).

Segundo erro seguido de Dewson de Freitas (que apitou Atlético Paranaense 3×3 Palmeiras) e segundo prejuízo da Ponte Preta (que teve um pênalti ridiculamente marcado por Chicão de Alagoas contra o Figueirense).

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s