– Análise da Arbitragem de Palmeiras 2×1 Santos

Vamos falar da arbitragem de Heber Roberto Lopes na decisão? Basicamente, existem duas avaliações:

  1. Perfeita tecnicamente, apitando forte/firme, tendo uma colaboração muito maior dos atletas do que Luís Flávio teve na Vila Belmiro; ou
  2. Cômoda, permitindo todo o tempo do mundo para atendimentos, contagem de barreira, ansioso para ir aos pênaltis com apenas1 minuto de acréscimo, evitando complicações nos minutos finais.

Excelente trabalho dos bandeiras Marcelo Van Gassen e Emerson Carvalho; este último, preciso no 1o gol palmeirense, que estava em mesma linha (a referência são as partes jogáveis dos atletas; mão e braço de atacante não contam).

Três coisas me chamaram a atenção:

  1. o choro incontrolável de Dudu;
  2. o ritual religioso-fanático dos atletas (Deus abençoa um time e amaldiçoa o outro?);
  3. os pênaltis mal batidos desperdiçados.

Parabéns ao Palmeiras pela Conquista. O treinador Marcelo Oliveira evitou um “tetra vice-campeonato da Copa do Brasil“. E Dorival Jr vai aguentar a “fumaça” por abandonar o Brasileirão pela Copa e perder a classificação para a Libertadores nas duas frentes.

Curiosidade: o Paulista de Jundiaí continua sendo a única equipe da Copa do Brasil a vencer o torneio enfrentando em todos os seus jogos somente equipes da Série A do Brasileiro. Infelizmente, depois da conquista, caiu da Série B para a C até estar fora de qualquer divisão nacional, além de ser rebaixado da série A1 para a A2 no estadual. Com o Santo André, outro time pequeno a vencer, aconteceu o mesmo.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s