– Análise da Arbitragem de Paulista 2×0 Atlético Sorocaba

Boa arbitragem de Flávio Rodrigues Guerra na noite desta 4a feira.

Sob efeito suspensivo da punição que sofreu pela mentira da Súmula de Corinthians x Santos, havia uma certa desconfiança sobre o ritmo de jogo do árbitro. Entretanto, já no aquecimento se percebia que estava com vontade, disposto, motivado.

Com a faca entre os dentes, entrou vibrante na partida (algo que costuma ser um problema a ele: a falta de vibração). Gostei do que vi. Correu bastante, esteve bem posicionado e não marcou faltas inexistentes. Nos primeiros 8 minutos, foram 8 disputas de bola nas quais os jogadores das duas equipes tentaram cavar faltas sem sucesso. E em nenhuma delas os atletas esboçaram reclamações fortes, pois, afinal, o árbitro tem nome.

Foram apenas 12 faltas no 1o tempo (26 ao todo). Jader fez 3 faltas de ataque e tentou cavar (sem sucesso) outras 3 a seu favor. Na última, foi advertido verbalmente pelo árbitro e, eis que na jogada seguinte ele sofre uma falta real não marcada. Claro, de tanto forçar o árbitro ficou na dúvida.

Os cartões amarelos (Edinho, Valmir e Dinho) foram bem aplicados. Porém, faltou expulsar pelo segundo cartão amarelo Valmir, pois já tinha cartão amarelo, era a 7a falta dele no jogo e agarrou o adversário pelo pescoço, durante o ataque. Teria sido acomodação pelo lance ocorrer aos 46 minutos do 2o tempo?

O jogo não teve exigências maiores, sendo que a péssima pontaria de Eltinho e Cladir, somada à cordialidade dos atletas de Jundiaí, com a onipresença do árbitro, fizeram a partida se tornar fácil.

O bandeira 1 Marco Antonio Andrade Mota Jr equivocou-se em dois laterais difíceis e inverteu um tiro de meta por escanteio (este lance, fácil). Só que nos impedimentos em lances ajustados, foi muito bem.

O bandeira 2 Rafael César Fernandes teve boa participação no gol de Ramalho, aos 14 minutos, em lance difícil de impedimento, acertando a posição legal do jogador. Também esteve bem nas jogadas em sua frente auxiliando o árbitro.

O 4o árbitro Maicon Osvaldo da Silva não teve exigências maiores e passou despercebido.

Destaque negativo para as contas do Paulista Futebol Clube. Afinal…

656 pagantes

Renda Bruta: R$ 8.630,00+

Renda Líquida: R$ 2928,52 –, sendo que a FPF levou 7% da Renda Bruta.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s