– O gol de mão em Brasil 0x1 Peru: 4 considerações!

A Seleção Brasileira foi eliminada pela Seleção Peruana com um gol irregular. A bola foi cruzada e Ruidíaz “dá uma raquetada”. Mão deliberada, intencional, indiscutível. O árbitro uruguaio Andrés Cunha, que tem se notabilizado por ótimas arbitragens no último ano, estava no seu lado cego, ou seja, em posicionamento ingrato, difícil de se ver. Quem poderia ajudar naquela situação seria o bandeira 1, ou um Árbitro Assistente Adicional (os AAA) que víamos há tão pouco tempo no Campeonato Brasileiro.

Mas quatro coisas são necessárias sobre o erro:

1) Não houve influência externa ilegal na decisão do árbitro (nenhum repórter “soprou” às escondidas para o 4o árbitro ou bandeira);

2) A necessidade do árbitro de vídeo se faz cada vez mais necessária;

3) A Comissão de Árbitros da Copa América Centenária, presidida por Wilson Luís Seneme (especial e exclusivamente para o evento) foi traída pelo erro de um candidato à apitar a finalíssima.

4) Dunga, que tanto reclamou do erro, se esqueceu que fomos ajudados em proporção igual contra o Equador, invalidando um gol legítimo do adversário.

Enfim, é vida que segue. E a Seleção Canarinho cada vez menos prestigiada pelos brasileiros pelo baixo nível técnico.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s