– Você aceitaria ser membro da Comissão de Árbitros da CBF, se Marco Polo Del Nero lhe convidasse?

Claro que a pergunta é provocativa, e ao mesmo tempo, comparativa em situações. O exemplo é: Tite!

Depois de encabeçar junto com Dorival Júnior o movimento contra a permanência de Del Nero, reconhecidamente envolvido em casos de corrupção no futebol, o treinador aceitou o cargo de treinador da Seleção da CBF, presidida pelo próprio.

É lógico que treinar a Seleção Brasileira é sonho de qualquer técnico; entretanto, nos turbulentos dias atuais, ela tem sido descartável por torcedores e jogadores.

Tite precisaria justificar o seu aceite justamente pelo protesto assinado. É como se o Juca Kfouri fosse convidado por Del Nero para substituir Walter Feldman ou se eu, humilde crítrico da nefasta gestão de Marco Polo, resolvesse trabalhar na Comissão de Árbitros.

Até onde a vaidade sobrepõe a coerência e os princípios? Tite é honesto, competente, mas precisa falar sobre esse assunto.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s