– Os Lances Polêmicos da Arbitragem de Corinthians 1×1 São Paulo

Cinco observações sobre a atuação do árbitro Péricles Bassols:

1) Pênalti a favor do São Paulo: marcação correta e não precisa dar cartão amarelo ao corintiano (é a chamada “faltinha”, imprudente, infantil, sem advertência).

2) Cartão ao Cuevas por comemoração de gol: se deve dar o Amarelo por incentivar a violência. Passar com dedo do meio em riste a uma torcida adversária merece ser punido. Mas “colocar a mão na orelha” é exagero do árbitro.

3) Gol do Corinthians: Romero está em impedimento passivo, ou seja: está em posição de impedimento, mas não impedido. Estaria em impedimento ativo e deveria ser sancionado se atrapalhasse o goleiro Dênis, se atrapalhasse alguém na jogada ou se tocasse na bola. Nessa, acertou o bandeira (não é lance para o árbitro).

4) Bateu na mão, marca-se falta. É a famosa Regra 12B, uma invenção brasileira criada, regra tupiniquim.

5) Repare o seguinte: Danilo, veterano, percebeu a fragilidade do árbitro e começou a querer apitar. Está certo o jogador, aproveitando a situação. Errado está quem deu o escudo a FIFA à ele.

Importante: nessa semana, as novas orientações da Comissão de Árbitros da CBF foram exigidas. Conheça-as, em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2016/07/17/o-pacote-de-orientacoes-da-cbf-aos-arbitros-para-as-proximas-rodadas/

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s