– Análise da Arbitragem de Paulista 1×0 São Paulo

Um árbitro com grande potencial. É isso que vi de Daniel Bernardo Serrano, o juiz que apitou Paulista 1×0 São Paulo Sub 23 pela Copa Paulista neste sábado.

Tecnicamente, não foi muito exigido. Mas quando precisou mostrar serviço (decidir situações duvidosas em lances de trancos legais, quedas na área ou faltas interpretativas), deu conta do recado. 

Fisicamente, correu o campo todo, esteve bem posicionado e ficou atento aos lances de contra-ataque. 

Disciplinarmente, precisa melhorar. Os cartões para Rafael Fefo (PAU) e Pedro (SPFC) foram justos pelo conjunto da obra, mas tardios pois mereciam ter sido aplicados em infrações anteriores. Em especial, faltou advertir Branquinho (PAU) por jogo brusco em duas oportunidades. Como a partida estava tranquila (apenas 9 faltas no 1o tempo, de um total de 25 no jogo – sendo 10 delas supreendentemente cometidas por atacantes tentando roubar a bola de zagueiros), pode ter perdido a leitura da partida ou se acomodado. Entretanto, não foi relevante no todo da sua atuação

Duas observações a se corrigir:

1. Em um lance onde o jogador do Paulista estava caído no meio campo por cãibras, sem gravidade, a bola ia saindo “morta” para a linha de fundo em tiro de meta à sua equipe. Porém, o árbitro paralisou a partida desnecessariamente para o atendimento e teve que reiniciar o jogo com bola ao chão dentro da grande área. Por Fair Play, o São Paulo nem disputou a bola. Poderíamos ter uma situação a ser evitada. 

2. No primeiro tempo, uma série de lances ocorreu do lado do bandeira Leonardo Augusto Villa, que acabou cometendo erros de atenção: duas seguidas inversões de laterais claros em pontos cegos do árbitro. No primeiro escanteio do jogo, foi o árbitro que marcou em lance fácil de discernir e o assistente ficou esperando o que marcar. Em impedimentos, foi bem. 

O ponto negativo da partida: torcedores da Organizada do São Paulo acenderam sinalizadores (ao meio-dia), mesmo sabendo da proibição. Fica a pergunta: em número reduzido que estavam, como entraram com os artefatos sem serem vistos pela PM (que proíbe até radinho na arquibancada)?

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s