– O erro vira prêmio? Sobre o árbitro de Botafogo x Santos

Comentamos no último final de semana sobre o grave erro do árbitro Paulo Volkopf – MS na partida entre Atlético Paranaense 2×1 Internacional, onde o goleiro Weverton cometeu um claríssimo pênalti em Nico Lopez e ele nada marcou.

Ao invés de ir para a geladeira… foi prestigiado para Botafogo x Santos. Dá para entender?

O curioso é: jogaram Internacional x Santos com Rodrigo Raposo, que beneficiou o Inter. Daí jogaram Atlético x Internacional, com Paulo Volkopf, que prejudicou o Inter. Agora, Volkopf apita o Santos, que foi “vingado” indiretamente do benefício de Raposo.

Mundo pequeno, não? Claro, os benefícios e prejuízos aqui são de ordem técnica e competência, não falamos nada como ato deliberado.

A propósito: que boa campanha do Fogão com Jair Ventura, não? É ótimo ver um treinador, filho de um ídolo (Jairzinho) fazendo um bom trabalho. E Dorival Jr, com seu DNA ofensivo, faz um excelente trabalho também.

Aliás, olha que raridade: um mítico 1o tempo de 1964 entre Botafogo de Garrincha e Santos de Pelé. Abaixo (ou em: https://www.youtube.com/watch?v=kqI6GAn1a7g)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s