– Análise Pré Jogo da Arbitragem de Brasil x Argentina

O superclássico entre a Seleção Brasileira versus a Seleção Argentina apitará o chileno Júlio Bascuñán, 37 anos. Um árbitro fraquinho…

Bascuñán, na temporada do Campeonato Chileno de 2014, foi chamado de “caseiro” pelo Audax Italiano, que o acusou de, em 5 jogos como visitante no campeonato local, perder todos (a equipe pediu punição eterna à Federação Chilena e ameaçou que não entrará em campo caso ele volte a ser escalado alguma outra vez em seus jogos). No último jogo, Bascuñán teria apitado o fim de jogo antes dos acréscimos anunciados quando o Audax estava em ataque.

Em 2015, trabalhou pela Libertadores em Danúbio x Corinthians (e foi muito mal). Voltou a apitar em 2016 no Monumental de Nunes em River Plate 1×1 São Paulo. Naquela ocasião, não deu um pênalti em Calleri, teve dificuldade na interpretação de faltas e, quando deveria expulsar PH Ganso, fraquejou.

Por fim, recentemente ele apitou Argentina x Uruguai e expulsou Dybala, sendo muito criticado por Messi (que não costuma reclamar da arbitragem), que disse: Não pudemos jogar pois o árbitro não deixou”.

Se ele irá bem hoje, no Mineirão?

Só Deus sabe.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s