– E o pênalti em Jô no São Bento 0x1 Corinthians?

Aos 10 minutos do 2o tempo, Jô recebe a bola na meia lua, a protege, entra na área e Pitty supostamente o calça, ao mesmo tempo que ele está com a mão em seu ombro.

Pênalti ou não?

Lance dificílimo.

Vamos lá: na primeira vez, fiquei em dúvida se, estando com o apito na mão, eu marcaria ou não o tiro penal por ter percebido que houve ou não o suposto calço do defensor com seu pé esquerdo no pé direito do atacante. A mão de Pitty não tem força para empurrá-lo ou puxá-lo (não assista em câmera lenta, pois a imagem sem ser em tempo real deturpa a realidade e a dinâmica do jogo).

Assisti uma segunda vez e dirimi a dúvida: Jô usou da sua malandragem e ludibriou o árbitro Raphael Claus (repito: lance difícil). O atacante se projeta ao sentir o contato físico e se joga, caindo de maneira antinatural (perceba que ele simula como se tivesse sido tocado na outra perna). Talvez o árbitro estivesse encoberto e acabou entrando na simulação, “ajudada” pela virilidade do atleta são-bentino em colocar a mão desnecessariamente no ombro. Pênalti inexistente cavado pela experiência.

Em tempo: a paradinha na cobrança do tiro penal é a permitida pela Regra do Jogo. O que não pode é parar na hora do chute.

bomba.jpg

O vídeo dos melhores momentos em: https://www.youtube.com/watch?v=kRIcTqQXaDM

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s