– E o Lance de “Tocar o pé na Bola”?

Quando é que se concretiza a cobrança de um tiro livre indireto? Mais: a partir de qual momento o adversário pode tocar na bola em uma “falta de dois toques?”

Uma bola só poderá entrar no gol se for tocada uma segunda vez (e nem precisa ser pelo companheiro de time). Porém, ela entra em jogo quando ocorre o primeiro toque.

Entretanto, como deve ser esse primeiro toque?

Um vídeo engraçado e curioso, enviado pelo amigo Daniel Negromonte, trata sobre isso. Assista e responda: o 1o toque foi válido?

O lance está aqui: https://www.youtube.com/watch?v=ZrSUxxtznSo&authuser=0

Antes a regra dizia que a bola tinha que rolar (e se entendia que deveria dar uma volta inteira). Depois, interpretou-se que simplesmente deveria ser rolada e não precisava dar uma volta em si. Posteriormente, surgiu uma diretriz na qual ela deveria sair da inércia. Ou seja, poderia ser tocada.

Hoje, a regra diz que a bola deve SE MOVER – e a orientação oficial é: o 1o toque deve ser PERCEPTÍVEL, ou seja, você pode chutar, encostar, tocar, qualquer coisa que seja, desde que se perceba que ela entrou em jogo. Se aquele “toquinho” de só relar não for o suficiente para que se perceba que o cobrador quer começar o jogo, não vale. Motivo: aquele “Mané” que alguns dão de tocar disfarçadamente e o adversário não perceber, e o seu companheiro sair com a bola dominada.

Tentando ser um pouco mais claro: pode ser uma pisada na bola, desde que se perceba que ela se mexeu.

Enfim: o legislador quer evitar a situação de que alguém só dá o toquinho e deixa para o companheiro continuar a jogada, sem que o adversário perceba que foi cobrado.

Nesse vídeo, o toque não é suficiente para que a bola se mova. E até me parece que é aquela manjada jogada: “eu ‘pingo’, você me devolve e eu chuto”. Para mim, esse “relar” na bola não é “claro toque” que permite dizer que foi cobrado o tiro indireto. Foi um “toquinho insuficiente”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s