– O desnecessário passo de Mano

Um cara rico, consagrado e velhaco como Mano Menezes, não precisa de um “passinho” na área para atrapalhar um arremesso lateral. Mas fez.

No jogo entre Chapecoense x Cruzeiro que eliminou os catarinenses da Copa do Brasil, o lateral esquerdo Reinaldo foi cobrar um arremesso lateral. Ele sempre o faz de maneira longa, para que a bola chegue o mais longe possível. Mas quando se preparava para soltar a bola, o treinador cruzeirense disfarçou e deu um passo de lado para atrapalhar Reinaldo. Não precisava fazer isso, é unfairplay.

Entretanto, sem pudor, Mano Menezes admitiu ter feito isso propositalmente para atrapalhar a jogada ensaiada do adversário. E justificou de maneira ridícula, dizendo que “tem direito”.

Não, não tem direito de atrapalhar uma reposição de bola (nem ele, nem um atleta dentro do campo de jogo quando o reinício da partida é de uma bola que está dentro do gramado). Quem repõe é que tem o direito de colocar a bola em jogo.

É claro que se o STJD interrogar Mano Menezes, ele dirá que se referiu ao direito em estar na área técnica (qualquer advogado faria essa orientação). Mas a área técnica serve para o técnico orientar seus jogadores, não impedir o adversário de repor a bola.

Pra quê, Mano? Que baixeza…

Assista o vídeo do lance em: https://www.youtube.com/watch?v=bvKEoGgLpXo

bomba.jpg

Anúncios

Um comentário sobre “– O desnecessário passo de Mano

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s