– Existe suspensão de 1 1/2 jogo?

Que confusão está acontecendo por conta do uruguaio Carlos Sanchez, não?

O atleta do Santos foi expulso anos atrás quando jogou na Copa Sulamericana pelo River Plate, e numa partida contra o Huracan, agrediu um gandula e foi suspenso pela Conmebol por 3 partidas. Entretanto, a entidade anistiou os atletas pela metade das penas (durante evento comemorativo em 2016). A pergunta é: o atleta que levou gancho de 3 jogos e teria que cumprir apenas 1,5 jogo? 

Como assim? Ficaria 45 minutos de uma partida punido?

O certo é que o Peixe alegou que ele só tinha que cumprir 1 jogo, justifica que consultou o sistema eletrônico da Conmebol e as queixas do adversário, o Independiente, não têm fundamento.

O que vai acontecer, não?

Resultado de imagem para carlos sanchez santos

– VAR e GUM, Andrés e TV!

Tá todo mundo louco, ôba“, como um dia cantou Sílvio Brito.

Sim, afinal, na partida entre Fluminense x Corinthians, o zagueiro Gum pós-jogo parabenizou a arbitragem e a participação do … VAR (o árbitro de vídeo)! Lembrando que o Campeonato Brasileiro não conta com esse membro da equipe de arbitragem.

A quem será que Gum se referia? Ao Paulo César de Oliveira? Ao Leonardo Gaciba? Ou algum outro ex-árbitro que comenta na Rede Globo, que detém os direitos de transmissão, e por lógica “aparece no vídeo”, ou melhor, na tela?

Papelão maior fez Andrés Sanches, que prefere dar “patada” no repórter da FOX que fez pertinente pergunta e foi maltratado pelo presidente corintiano. A propósito: não era ele que renunciaria ao cargo de Deputado Federal assim que fosse eleito (IMEDIATAMENTE, como enfatizava)? E que depois postergou para a semana posterior ao Carnaval? Depois da Quaresma? Da Festa Junina… Ou seria preocupação em manter a imunidade parlamentar a qual muitos políticos se salvaguardam nesse país?

Por fim: deve custar caro aos cofres do Andrés sair de Brasília, onde trabalha arduamente para fazer jus ao voto dos seus eleitores e ao dinheiro público, e que depois do expediente na Câmara dos Deputados pega um vôo para o Rio de Janeiro acompanhar o seu time. Será que conseguiu chegar de volta hoje às 8h da matina para picar o cartão no Congresso?

Ou não é nada disso?

Com a palavra, aqueles que, como eu, pensam ser impossível trabalhar nessas duas atividades (Deputado em Brasília e Presidente de time paulista) simultaneamente.

De fato, todo mundo deve estar louco mesmo quando não fica boquiaberto com essas coisas…

Resultado de imagem para TÁ TODO MUNDO LOUCO?