– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Tupã x Paulista

Como o jogo é importante, o árbitro escalado é bom: para o confronto do Índio da Alta Paulista versus o Galo da Serra do Japi, teremos Danilo da Silva – um árbitro que está “prestando vestibular” para apitar a 1a divisão.

Explico: o juizão de 35 anos e há 12 temporadas na FPF tem feito uma caminhada bem sólida na sua carreira: todo ano sobe uma divisão, se firma nela, e aí tem oportunidades melhores. Em 2019, teve as primeiras oportunidades na série A2, solidificou-se na A3 e nos jogos mais importantes da Segunda Divisão foi escalado. É o árbitro mais gabaritado sorteado na Rodada.

Danilo é bem sereno dentro de campo, tem um estilo de arbitragem moderno (é muito bom em critérios disciplinares) e está lutando para apitar pela primeira vez um jogo da série A1 em 2020. Gostei da escala.

escala

– O pênalti inexistente em Palmeiras 4×0 Godoy Cruz

Não dá para deixar de falar sobre o ridículo pênalti marcado no Allianz Parque. Não foi mão intencional nem movimento natural, foi simplesmente uma bola que resvala involuntariamente no braço do defensor Varela (GOD), e que na sequência Borja (SEP) pede “mão na bola”.

Foi assim: o árbitro uruguaio Esteban Ostojich (que é muito jovem e inexperiente em confrontos importantes de Libertadores) foi alertado pelo VAR boliviano Gery Vargas (que não é lá do primeiro time de árbitros internacionais) e resolve marcar a penalidade. Faltou autoridade e independência.

Pergunto aos amigos: se aqui no Brasil, com treinamento e sequência de jogos, o árbitro de Vídeo está funcionando de maneira ruim, imagine a frequência de uso do equipamento por Vargas e Ostojich, árbitros que não possuem o VAR em seus países e só o usam vez ou outra?

O lance aqui, no tuíte da FOX (abaixo):

FOX Sports Brasil

@FoxSportsBrasil

FOI OU NÃO? Veja o lance polêmico no Allianz Parque pelo !

O juiz checou no VAR, marcou a penalidade, e o Palmeiras abriu o placar!

Resultado de imagem para penalti de palmeiras x godoy cruz