– Tenha respeito a si próprio, Corinthians!

Cá entre nós: se o presidente do Corinthians for “respeitoso com seu clube”, peita o autoritarismo do presidente Rogério Caboclo, e não joga em Bacaxá / Saquarema / qualquer lugar / em estádios com esse gramado, pela Copa do Brasil, contra o Retrô de Pernambuco.

Expor um time de tamanha tradição a esse campo varzeano (e olha que na várzea há coisa bem melhor), é o fim da picada.

Aliás, não é um Corinthians x Flamengo valendo decisão do Brasileirão. É um jogo adiável da Copa do Brasil contra uma equipe modesta, que pode ser mudado.

Em tempo: se você fosse o árbitro, faria o jogo nesse gramado e relataria “Nada houve de anormal”?