– O excesso de pilhagem no futebol, visto nas decisões regionais.

Se você assistiu as reclamações contra a arbitragem em Minas Gerais, Rio de Janeiro e em outros estados, ou se assustou com a violência em Pernambuco ou no Pará, ou ainda cansou de ver as caras e bocas no Morumbi com atletas de ambas equipes e Abel Ferreira (com suas expressões teatrais), deve estar pensando: cansou!

É muito chato assistir futebol e ver que a cada falta, uma “conferência” é feita e as queixas se proliferam por todo o gramado. Há reclamação para tudo contra os árbitros, dos lances bobos aos mais delicados. Se quer ganhar a todo custo, com simulações e gritos. E isso é bom?

O que me preocupa é: a falta de esportividade e de ética, além da despreocupação em cumprir as regras. E se o futebol é esporte e deve servir de exemplo, qual é esse legado deixado para as crianças?

Precisamos educar os atletas cada vez mais a respeitar os valores básicos do futebol, a fim de que a pilhagem e a imposição do “ganhar a qualquer custo” não distorçam a desportividade básica.

Campanha da FPF para promover o respeito à arbitragem | Refnews - Arbitragem  de futebol em foco

– O que esperar de Raphael Claus na decisão entre São Paulo x Palmeiras?

Raphael Claus apitará a decisão entre São Paulo x Palmeiras logo mais, pelo Campeonato Paulista. Falamos anteriormente sobre às expectativas da arbitragem para esse Choque-Rei aqui no blog, no link em: https://wp.me/p4RTuC-uZq.

Pois bem, algumas considerações pontuais abaixo:

Não se sabe qual árbitro brasileiro vai à Copa do Mundo do Catar. Claus briga pela vaga (se ela for única) com Wilton Sampaio desde algum tempo. Mas pela participação positivíssima de Edina Alves no Mundial de Clubes, pela repercussão politicamente correta da sua escolha e pelo fato dela própria estar sendo a pioneira na América do Sul em apitar um jogo masculino pela Conmebol Libertadores (obviamente, também pela sua competência isso ocorreu), Raphael Claus precisa ter uma atuação impecável! Assim, ele entrará em campo com “o apito entre os dentes” nesta tarde.

Acrescente outro fato: o treinador Abel Ferreira tomou vários amarelos no campeonato, ganhando ou perdendo. Virou “o chato à beira do gramado” para a arbitragem (o próprio Claus já o amarelou). No último jogo, onde todos querem encerrar com chave de ouro o torneio, está “fácil” expulsá-lo. Não me surpreenderia com esse possível Cartão Vermelho.

Por fim, sendo o Paulistão um dos poucos grandes regionais que dá retorno financeiro e de audiência, todos os olhos estarão no Morumbi. Apitar sem amarras será o diferencial para Raphael Claus, que concorre ao prêmio de melhor árbitro do Estadual (ao lado de Flávio Rodrigues de Souza) para sair incólume de críticas.

Aguardemos!

Assista em vídeo nossa análise em: https://youtu.be/vyRZgSXom3c

Ou leia no Blog “Pergunte Ao Árbitro”, em: https://professorrafaelporcari.com/2021/05/23/o-que-esperar-de-raphael-claus-na-decisao-entre-sao-paulo-x-palmeiras/