– Até 12 anos, proibido cabecear!

A discussão veio de outros esportes, e já há algum tempo a FIFA e o IFAB vinham estudando: até onde “lances de cabeça” podem provocar lesões?

Em 2020, pediu-se rigor máximo para que os árbitros tomassem cuidado com lances de braço na cabeça de atletas. A CBF, tempos atrás, sugeriu que crianças não treinassem mais cabeceios. Agora, por recomendação médica, há a proibição oficial de que atletas de até 12 anos não devam cabecear a bola. Se o fizerem, será falta.

Será que um dia isso será estendido aos adultos?