– Daronco vs Hulk: R$ 5.000,00 em cestas básicas e desculpas.

Lembram do episódio em que o atacante Hulk reclamou que o árbitro Anderson Daronco o ameaçou?

Pois bem: o juizão gaúcho foi condenado. Abaixo, extraído de: https://www.itatiaia.com.br/editorias/esportes/2022/08/25/apos-polemica-com-hulk-daronco-tera-que-pagar-r-5-mil-em-cestas-basicas

APÓS POLÊMICA COM HULK, DARONCO TERÁ QUE PAGAR 5 MIL REAIS EM CESTAS BÁSICAS 

Depois do jogo contra o São Paulo, no Mineirão, o camisa 7 do Galo disse ter sofrido ameaças do árbitro

por Leonardo Gimenez

O árbitro Anderson Daronco terá que pagar R$ 5 mil em cestas básicas e emitir uma nota ao Atlético e ao atacante Hulk esclarecendo a discussão com o camisa 7 do Galo no jogo contra o São Paulo, no Mineirão, pelo Brasileiro. A decisão, que prevê cumprimento do acordo em três dias, foi homologada pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quarta-feira (24)

Após a partida, Hulk relatou que Daronco havia o ameaçado, além do árbitro ter pedido para tomar “cuidado com o que você vai falar”. Anderson também teria dito que “não é o último jogo que vou apitar de vocês”.

Segundo o tribunal, o Galo entrou no STJD com Notícia de Infração, alegando que Daronco coagiu de forma arbitrária, truculenta e com abuso de poder contra Hulk, cometendo infração disciplinar aos artigos 258, 259 e 273 do CBJD e artigo 8 do Código de Ética e Conduta do Futebol Brasileiro.

Em sua defesa, Daronco afirmou que não quis desrespeitar ou ameaçar Hulk e que, nos jogos, a advertência verbal é suficiente muitas vezes para resolver questões do jogo, sem a necessidade de apresentar cartão. O árbitro declarou, ainda, que poderia ter aplicado um amarelo ou vermelho para Hulk, mas que preferiu adverti-lo verbalmente porque o confronto já estava no final. 

Cestas básicas doadas a instituições mineiras

A pena de multa de R$ 5 mil foi convertida em entregas de cestas básicas ao Projeto Social Lar Batista Regular e à Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE).

– Henrique Ceifador e a “trombada” com o árbitro.

Henrique Dourado (o Ceifador) joga na China. E ele derrubou o árbitro e foi punido com suspensão de 1 ano e meio.

A defesa alegou trombada. A Federação Chinesa, agressão.

Veja o lance e tire sua conclusão: