– Uma unha impedida em Corinthians x Cuiabá?

A regra é bem objetiva: lances inconclusivos / duvidosos de impedimento, daqueles ajustados, deve prevalecer a decisão de campo.

Esse gol de Deyverson, por essa imagem, foi bem anulado pelo VAR que determinou impedimento, ou deveria ter prevalecido a decisão de campo?

Print de tela do GloboEsporte.com

– Análise da Arbitragem de Flamengo 4×1 Red Bull Bragantino.

Um jogo em que o árbitro Anderson Daronco não teve dificuldade para apitar. Apenas 5 lances simples para discutir.

  • Aos 3m, Luan Cândido (RBB) agarra Gabigol (CRF), que estava em ataque, fora da área, tendo apenas o goleiro à sua frente. O atacante consegue entrar na grande área e Luan não o solta, consumando o agarrão. Infantilidade do lateral… Cartão Vermelho corretamente aplicado.
  • Aos 11m, gol do Flamengo: Gabigol está em posição legal, tendo apenas o braço à frente. E o braço não conta para a linha de impedimento. Acertou o árbitro.
  • Aos 27m, lance de Arrascaeta (CRF) em Aderlan (RBB): o uruguaio levantou o pé para disputar a bola com o lateral adversário, na altura da cabeça dele. Não atingindo, seria tiro livre indireto, sem cartão (foi isso que Daronco marcou). Porém, há o contato físico! Aderlan é atingido com a sola na cabeça e precisa de atendimento médico. Assim, de “jogo perigoso” passa a ser “ação temerária“: deveria ter marcado tiro livre direto e aplicado o cartão amarelo. Errou o árbitro.
  • Aos 45m, Arrascaeta em Raul: o flamenguista dá uma dura entrada no adversário e recebe corretamente o Cartão Amarelo. Fica a questão: se tivesse recebido o Amarelo no lance citado anteriormente, o uruguaio seria expulso? Por outro lado, se estivesse amarelado, teria dado tal entrada dura?
  • 1º lance do 2º tempo: Vidal (CRF) vai dividir com Ramirez (RBB) e sem querer fazer a falta, acaba enroscando o pé no adversário e a comete. É a clássica “falta por imprudência”, e sendo dentro da área, pênalti sem cartão. Acertou o árbitro.
  • 87m: Cebolinha tenta passar entre dois zagueiros, cai e pede pênalti. Não foi nada, o árbitro estava bem colocado e mandou seguir. Correto.

Curiosidade: com 10 jogadores desde os 3 minutos do 1º tempo, o Massa Bruta conseguiu empatar com o Mengão no começo do 2º tempo. Aí deu um apagão e Pedro marcou 3 gols seguidamente! Covardia…

Flamengo x Bragantino: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem | brasileirão série a | ge

Imagem: Ge.com

 

– Felipe Melo reclamou do quê?

Felipe Melo reclamou da arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira contra o Atlético Mineiro, que há algum tempo não está em boa fase e deve perder o escudo FIFA para Ramon Abatti Abel em 2023.

Porém, viram o pisão que ele deu em Zaracho? Não consegui baixar o vídeo, só o print da tela. Para se ter a real noção do lance, assistam o lance duro. E ele não foi expulso!

Me lembrou daquela situação em que o cara agride a vítima e, para disfarçar o erro, se faz de própria vítima!

Cartão Vermelho para ele.