– O chororô de Rodrigo Caetano após Red Bull Bragantino x Atlético Mineiro.

O árbitro Bráulio da Silva Machado quase cometeu uma bobagem muito grande no jogo Red Bull Bragantino 1×1 Atlético Mineiro: o Galo estava no ataque, Guilherme Arana chutou para o gol (em posição de impedimento) e Léo Ortiz salvou em cima da linha, na bola que bateu na barriga e resvalou no braço (em movimento natural).

O bandeira bobeou e não marcou o impedimento do jogador atleticano, e Bráulio equivocadamente marcou pênalti e expulsou o jogador bragantino. Após 6 minutos de paralisação, alertado pelo VAR, o pênalti (que não existiu) foi desmarcado, o cartão vermelho retirado e o impedimento confirmado. Tudo corrigido pela intervenção certeira do árbitro de vídeo.

Rodrigo Caetano, diretor do Atlético Mineiro, disse que reclamará formalmente contra a arbitragem na CBF pois o seu time é constantemente prejudicado. E acrescentou:

“É um absurdo. Todos nós sabemos a regra. A gente faz um investimento, temos consultor de arbitragem, que informa não só as regras, mas também as orientações. Não sei se mudou a orientação com o Seneme (Wilson, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF). Acho importante ele dizer. Verdade seja dita, é inacreditável o lance que foi anulado, o pênalti, o cartão vermelho, que certamente mudariam a história do jogo”.

Não deu para entender onde ele quer chegar, já que, se ele crê que o lance foi pênalti (não foi, a câmera frontal é perfeita na imagem), ainda assim o impedimento, anterior ao lance, anulou toda a sequência.

Assista a jogada em: https://ge.globo.com/futebol/video/aos-19-min-do-1o-tempo-impedimento-de-guilherme-arana-do-atletico-mg-contra-o-bragantino-10567454.ghtml

O que me irrita é: quantos pênaltis inexistentes foram marcados a favor do Atlético, de maneira inexistente, recentemente? Houve reclamação do Sr Rodrigo Caetano por melhora na arbitragem quanto a eles? No primeiro jogo da Libertadores, onde o Atlético foi beneficiado contra o América, teve alguma declaração? Hulk agrediu dias atrás seu adversário e recebeu apenas o Amarelo. O Galo foi à CBF pedir arbitragens melhores?

A verdade é: os clubes pedem melhoras na arbitragem só quando elas erram contra eles (a favor, nunca). Não há interesse em melhorar, por parte dos cartolas… E, muitas vezes, reclamam (como nesse caso específico do jogo do Red Bull Bragantino) até sem razão, somente para justificar o desempenho ruim.

Lamentável… falamos sobre isso em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/05/03/quando-erra-a-favor-nao-protesta-tambem-cade-a-coerencia-cam/

Red Bull Bragantino x Atlético-MG: prováveis escalações, desfalques, onde assistir, opiniões e palpites

Arte da imagem extraída de: https://esportenewsmundo.com.br/red-bull-bragantino-x-atletico-mg-provaveis-escalacoes-desfalques-onde-assistir-opinioes-e-palpites-2/

Publicidade

Um comentário sobre “– O chororô de Rodrigo Caetano após Red Bull Bragantino x Atlético Mineiro.

  1. […] Lembrando que no jogo de ida, apitado por Bráulio Machado, houve muita reclamação do Galo Mineiro: havia sido equivocadamente marcado um pênalti contra o Massa Bruta, expulsando Léo Ortiz. Corrigido pelo VAR, desmarcou-se o tiro penal e “desexpulsou-se” o zagueiro (havia sido impedimento do ataque mineiro, e o pênalti marcado por mão na bola foi em lance involuntário – erro duplo, portanto). Apesar do acerto, Rodrigo Caetano (supervisor do CAM) chiou bastante… relembre aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/05/13/o-chororo-de-rodrigo-caetano-apos-red-bull-bragan… […]

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s